Rua Sebastião Pedro Franceschini, 65 - Campinas-SP 19 3281-1085 19 3281-1618 19 3281-3528

Flotadores

FLOTADOR POR AR DISSOLVIDO - SISTEMA FAD

Para separação de óleos, gorduras e partículas em suspensão do efluente líquido.

APLICAÇÕES

  • Frigorífico e Indústria de carne;
  • Indústria de Óleo e derivados;
  • Laticínios;
  • Lavanderias Indústriais;
  • Processamento de frutas e vegetais;
  • Indústrias Têxteis;
  • Indústrias de Papel e Celulose;
  • Indústrias Químicas;
  • Indústrias de Alimentos;
  • Curtumes;
  • Empresas de Transporte – lavagem de veículos;
  • Tratamentos e Reciclagem de Água;
  • Adensamento de lodo biológico;
  • ETAs – Tratamento de água – remoção de algas

VANTAGENS DO PROCESSO

Pequena Área

Os sistemas operam com altas taxas de aplicação por m³ de líquido tratado, permitindo reduzir de 5 a 7 vezes o tamanho do equipamento, quando comparados com processos de decantação. Fornecido montado e pronto para interligação.

Baixo consumo de energia

Operam com uma média 0,25 Kwh por m³ de líquido tratado.

Flexibilidade de Implantação

Permite operar com fluxos itermitentes e descargas contínua de lodo.

Menor produção de lodo

Com a capacidade de remoção e adensamento reunido num único equipamento, quantidade de lodo é de 3 a 5 vezes menor que aquele gerado com decantadores.

Reaproveitamento

Em casos específicos permite a reutilização do lodo removido na própria indústria ou como matéria-prima para terceiros.

Eficiência

Alta eficiência para remoção de óleos, gorduras, sólidos suspensos e DBO5 não solúveis.

PROCESSO FAD

É um processo físico utilizado para separar partículas sólidas e/ou líquidas presentes numa fase líquida.

O mecanismo deste processo baseia-se no contato e aderência das microbolhas de ar com as partículas diminuindo sua densidade e promovendo seu arraste para a superfície líquida.

O efluente a ser tratado alimentando o sistema, é combinado com um fluxo de água recirculada, saturada de ar dissolvido e alimenta o sistema FAD através de uma câmara de expansão. O ar é injetado logo após a bomba de recirculação, controlado por um rotâmetro. A pressão e o fluxo de água do tanque de pressurização para a câmara de expansão são controlados por uma válvula especial de controle de pressão.

Na câmara de expansão as microbolhas de ar se expandem e agregam-se às partículas de poluentes suspensos (óleo, gorduras, proteínas e outras substâncias orgânicas) e flotam para a superfície. Um raspador remove o lodo sobrenadante formado na superfície através de uma bica de descarga.Este lodo pode ser utilizado em diversas aplicações, incluindo a produção de ração animal, como adubo orgânico ou outras aplicações específicas.

Como os agentes poluidores flotam, a água clarificada passa através de um separador e é canalizada para fora da unidade pela parede externa do tanque, controlada por um regulador de nível. Produtos químicos podem ser utilizados para melhorar a eficiência da flotação. O tipo e quantidade destes produtos são determinados pelas características do efluente a ser tratado, o nível de tratamento desejado e o custo dos aditivos. O flotador pode ser usado como pré-tratamento para sistemas secundários, biológicos ou para certos efluentes, como tratamento final com redução de DBO acima dos 80%.

Tabela Tabela



Solicite um Orçamento

Whatsapp Consultec PA Whatsapp Consultec PA